APROVEITAMENTO ENERGÉTICO

Todo sistema de geração a combustão, por maior que seja sua eficiência, perde cerca de 60% da energia contida no combustível, gerando calor que se dispersa no meio ambiente. Trata-se de uma limitação física que independe do tipo de combustível (diesel, gás natural, carvão, dentre outros).

Com a cogeração é possível atingir um maior aproveitamento energético do combustível, alcançando-se eficiência na ordem dos 90%. Isto porque a cogeração é a geração de energia elétrica através de um sistema que reaproveita a energia térmica que seria descartada para produção de água quente e/ou vapor e/ou água gelada e/ou CO2

Em tempos de escassez de energia elétrica, cresce a procura por uma opção de fonte de energia que seja abundante, não ofereça riscos de interrupção, que tenha baixo impacto no meio ambiente e a garantia de distribuição. O gás natural, quando usado para fins de cogeração, tem se apresentado como uma das melhores alternativas.

Assim, com a atual instabilidade dos sistemas de abastecimento de energia e a evolução dos sistemas que possibilitam esse tipo de geração de forma mais simples, segura e barata, a cogeração passa a ser um atrativo para clientes que possuem uma grande necessidade de energia elétrica e calor, como indústrias, shopping centers, hospitais, hotéis, etc.

 

BENEFÍCIOS DA COGERAÇÃO:

  • Autossuficiência energética: a rede elétrica se transforma em seu backup.
  • Maior qualidade da energia elétrica.
  • Diminuição da carga elétrica interligada.
  • Redução das perdas de transmissão e distribuição de energia elétrica.
  • Possibilidade de pagamento dos sistemas de cogeração com a economia proporcionada pelo sistema. Outra empresa investe e opera a central de cogeração e o cliente ainda desfruta de todos os benefícios e economia.
  • Aumento da confiabilidade de suprimentos de energia elétrica e térmica.
  • Garantia contra a falta de energia (apagão). 

 

TABELA TARIFÁRIA

 

Tabela - Cogeração, climatização e geração em horário de ponta

Volume 
(m³/dia)

Parcela fixa  (R$/m³)

Parcela variável  (R$/m³)

Parcela variável 

(R$/MMBtu)

0 a 8,99

685,76

0,00

-

A partir de 9,00

0,00

3,5169

94,28

Tarifas vigentes a partir de 20 de abril de 2022 - homologadas pela AGERGS através do Processo nº 000330‑39.00/22‑3, em Sessão Ordinária nº 15/2022.

Notas:

1 - Gás Natural referido às seguintes condições:
     Poder Calorífico Superior : 9.400 kcal/m³
     Temperatura : 20 °C
     Pressão : 1,033 kgf/cm² abs

2 - Os valores não incluem ICMS, PIS, Cofins ou quaisquer outros tributos, taxas ou encargos.

3 - As tarifas são praticadas por faixa de consumo.

4 - As faixas de consumo são independentes.