16/12/2022

A Agergs homologou, nesta quinta-feira (15), as novas tabelas tarifárias do gás natural, que entram em vigor em 16 de dezembro de 2022, abrangendo todos os clientes da Sulgás. A revisão tarifária considera a margem média da concessionária, recentemente aprovada pela agência reguladora, bem como o repasse do ajuste no custo do gás.

De maneira geral, as novas tarifas apresentam uma redução, com maior ou menor intensidade, dependendo do segmento e perfil de consumo. Para o mercado de GNV, a redução será de 30 centavos por metro cúbico, sem considerar impostos. As tabelas completas estarão disponíveis no site www.sulgas.com.vc.

Variação das tarifas por segmento:

  • Residencial 3,1% a -0,4%
  • Comercial 2,1% a -3,3%
  • Industrial 1,3% a -6,3%
  • Veicular -0,3079 R$/m3
  • GNC -9,9%
  • Cogeração -10,0%

Entenda a composição da tarifa

A fatura da Sulgás tem seu preço definido por três componentes: custo do gás, margem da concessionária e impostos.

• O custo do gás natural para as concessionárias tem alterações constantes, que refletem as variações do preço internacional do petróleo, as oscilações da taxa de câmbio e eventuais mudanças no custo cobrado pelos operadores dos gasodutos de transporte.

• A margem da concessionária é o valor cobrado para garantir a segurança, qualidade, manutenção e expansão da rede de gás, sendo revisada anualmente.

• O terceiro componente é a incidência dos impostos (ICMS e PIS/COFINS), que somados equivalem a uma alíquota de 23,1%.