10/05/2024

Desde o início das enchentes no Estado, a Sulgás, está com equipes técnicas de prontidão, monitorando em tempo real as áreas onde estão as redes de gás natural. Com foco na segurança e manutenção de fornecimento em locais estratégicos para atendimento de vítimas da enchente, a Sulgás mantém o fornecimento ininterrupto de 23 hospitais, incluindo as principais instituições de Porto Alegre e o Hospital Universitário de Canoas, uma das cidades mais atingidas pelas inundações. 

A Sulgás ainda fornece gás natural a 30 clínicas e geriatrias em cidades atingidas, além de 27 clubes e academias que estão sendo utilizados para abrigos em municípios afetados. Instituições como o Asilo Padre Cacique, Sogipa, União e Lindóia também têm o gás natural garantindo o funcionamento da operação.

Nas vistorias realizadas, a equipe técnica identificou necessidade de atenção especial para regiões que estão alagadas: bairro Humaitá e Sarandi, em Porto Alegre, e bairro Fátima, em Canoas. Nessas áreas, o sistema de medição do gás natural está submerso, impossibilitando qualquer tipo de assistência. 

Em razão disso, foi realizada a interrupção pontual do fornecimento de gás natural nesses bairros. A retomada ocorrerá de acordo com as condições técnicas de segurança das pessoas. Até agora, apenas 2% dos clientes tiveram interrupção do serviço por medidas de segurança.

Sulgás em Gramado e Canela

Conheça as vantagens do Gás Natural